A compreensão de regras matemáticas na formação docente: uma pesquisa sob o ponto de vista da linguagem

Marisa Rosâni Abreu da Silveira, Paulo Vilhena da Silva

Abstract


Os indicadores da educação básica apontam para o insucesso na aprendizagem dos estudantes na matemática. Partindo disso, nos propomos discutir como os futuros professores da disciplina interpretam regras matemáticas que ensinarão no ensino básico. Para isso, realizamos uma pesquisa com estudantes de um Curso de Licenciatura em Matemática em fase final de formação. Na ocasião, solicitamos aos licenciados que descrevessem como ensinariam algumas operações matemáticas, justificando sua validade. Constatamos que esses licenciandos não tem clareza das operações matemáticas que terão que ensinar e que alguns de seus erros são os mesmos dos alunos da educação básica. Nosso referencial teórico é composto, principalmente, pelas idéias do filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein – que trata do aprendizado e aplicação de regras -, das idéias da (re)educadora francesa Stella Baruk que discute, entre outras coisas, a respeito da aparente conexão entre a matemática e magia, bem como outras pesquisas que discutem a formação docente.

Keywords


Formação e Prática Docente, Professores de Matemática, Regras Matemáticas, Linguagem, Educação Básica.



DOI: http://dx.doi.org/10.14507/epaa.v21n27.2013

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Discussion




Contact EPAA//AAPE at Mary Lou Fulton Teachers College