Educators of Urban ProJovem: Who are these young actors of youth and adult education?

Main Article Content

Abstract

The National Youth Inclusion Program -Urban- established in 2005 as an emergency and experimental action, among those implemented by the federal government for the setting up of a National Youth Policy, is the best-known initiative aimed at young Brazilians by the population. In 2012, after seven years under the management of the National Youth Secretariat, it had its coordination transferred to the Ministry of Education, being incorporated by the area of youth and adult education. In this context, it is important to know the educators who, until then, acted on it: who are they? What differences are there between them and the other teachers? What are close and far in relation to other experiences? Seeking to answer these questions, this study is based on data collected in 2009 in 11 states, with a sample of 419 educators. Among its findings, it highlights the fact that almost all of them (97.8 %) have higher education. In addition, 64.9 % attended some post graduation. Whereas 74.9% teach for less than 10 years, it appears that these teachers have higher education than most professionals traditionally linked to this educational modality. To this end, the conditions of implementation of the Program, on the selection and preparation of teachers, may represent a significant achievement. Learning more about these actors is the way to understand important aspects of the work developed by the government when setting ProJovem and may provide insights to the qualification and / or redefinition of the Program, now a major public EJA policy in Brazil.

 

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Pinheiro, D., Esteve, L. C. G., & Farah Neto, M. (2014). Educators of Urban ProJovem: Who are these young actors of youth and adult education?. Education Policy Analysis Archives, 22, 67. https://doi.org/10.14507/epaa.v22n67.2014
Section
Educação de Jovens e Adultos; aprendizagem no século 21
Author Biographies

Diógenes Pinheiro, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

O autor é Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (IFCH/UNICAMP) e tem experiência em pesquisa na área de Ciências Humanas e Sociais, com ênfase em educação popular e movimentos sociais, políticas públicas de juventude. Coordena programas de extensão em comunidades populares e sobre ações afirmativas no ensino superior. Desde 2011, é Pró-Reitor de Extensão e Cultura da UNIRIO e, desde 2013, coordenador da área temática de educação da regional sudeste do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (FORPROEX).

Luiz Carlos Gil Esteve, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

O autor é Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem experiência na área da Educação, com ênfase em Sociologia, atuando em pesquisa e avaliação de políticas públicas de juventude, programas governamentais, educação básica e financiamento da educação. Atualmente, entre outras atividades, participa, em ação conjunta da Unirio e da UFBA com a Secretaria Nacional de Juventude, do processo de implantação do Programa Estação Juventude. 

Miguel Farah Neto

O autor é Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e tem em experiência em pesquisa e avaliação na área de Educação, com ênfase em Educação de Jovens e Adultos, Educação a Distância, Políticas Públicas de Juventude, entre outras. Atualmente, desenvolve trabalhos de formação de formadores e gestores do ProJovem Urbano, em ação conjunta da Unirio com o Ministério da Educação/SECADI. Participa, ainda, em ação conjunta da Unirio e da UFBA com a Secretaria Nacional de Juventude, do processo de implantação do Programa Estação Juventude.