Migration and education: A study on the invisibilization of the migrant in Brazilian and Federal District educational policies

Main Article Content

Abstract

This article analyses the Brazilian and Federal District legal provisions to understand how such documents reflect a type of perception on the phenomena of migration, irregular migration, and refuge. Starting from a post-structuralist reading, we scrutinize the documents in search of signs and traces of the migrant subject, observing the particularities, the silence, and the emptiness of his process of social invisibilization. In the research and elaboration of the article, we face different theoretical traditions, in a clear exercise of bricolage. Finally, we present in the final considerations some recommendations that we consider pertinent so that the phenomena of contemporary international migrations are better perceived by educational research and, consequently, by educational public policies.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Matos-de-Souza, R., Lazarini, T., González-Monteagudo, J., & Barroso-Tristán, J. M. (2021). Migration and education: A study on the invisibilization of the migrant in Brazilian and Federal District educational policies. Education Policy Analysis Archives, 29(January - July), 24. https://doi.org/10.14507/epaa.29.5540
Section
Articles
Author Biographies

Rodrigo Matos-de-Souza, Universidade de Brasília

Professor da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília - UnB. Presidente da Associação Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - BIOgraph. Editor-chefe da Revista Linhas Críticas.

Twila Lazarini, Universidade de Brasília

Graduada em Pedagogia pela Universidade de Brasília. Mestranda em Educação - Modalidade Profissional. Professora de Inglês do Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

José González-Monteagudo, Universidad de Sevilla

José González-Monteagudo é investigador de perfil internacional e tem participado em projetos internacionais em universidades de Europa e América. Áreas de interesse: teorias educativas, metodologias biográficas, migrações e diversidade cultural.

Jose María Barroso-Tristán, Universidad Internacional de La Rioja

Doutor em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia e em Educação pela Universidade de Sevilha, Espanha. Atualmente trabalha como professor na Universidade Internacional da Rioja em Pedagogia dando aulas nas disciplinas de Tecnologias da informação e comunicação aplicadas à educação, além de orientar trabalhos de conclusão de curso. Suas áreas de interesse na educação percorrem desde o pluralismo epistemológico como fator de adaptação dos processos pedagógicos até a conceitualização do diálogo e o conflito como elementos organizacionais do planejamento de aula.