Skip to main content Skip to main navigation menu Skip to site footer

The school paths of children and youth in residential care at the Portuguese public school

PDF (Português)

Published: 2021-06-21

Authors

Daniela Ferreira

Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

https://orcid.org/0000-0001-5335-4337

Ariana Cosme

Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

https://orcid.org/0000-0002-8194-5027

Keywords: school failure; inequalities; children and youth in residential care

Abstract

By principles established in LBSE, the Portuguese public school commits itself to ensure the inclusion of all children and youth; however, when we look at the pathways of those in residential care, under measures of promotion and protection, we realize that this is one of the most vulnerable populations in education. The data analysis of their school pathways presents conceptual problems arising from the organization of age groups. Through the collection of data about the school pathways of children and youth in residential care who receive basic education from three groups of schools in Portugal, we seek to understand information about school success and failure. Based on an interpretative phenomenological paradigm, this study portrays one of the most problematic situations of the Portuguese educational system. When comparing school failure rates of these children and youth with Portuguese national rates, we realize that the failure rate in the first cycle is 13 times higher, the second cycle is 11 times higher, and the third cycle is six times higher than the national average. We conclude that it is urgent to think about education policies in which inclusion, in addition to being a technical-pedagogical issue, is assumed as an ethical imperative.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Daniela Ferreira

Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

Possui o doutoramento em Ciências da Educação, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, e em que a formação de base é Licenciatura e Mestrado na mesma área. Membro da comunidade de pesquisa “Ensino e Inovação Pedagógica” e membro da coordenação do Observatório de Vida das Escolas (OBVIE). As suas áreas de interesse são a inclusão; a autonomia e flexibilidade curricular; as práticas pedagógicas inovadoras; a formação de professores e os processos de inovação pedagógica.

Ariana Cosme

Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto

Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto, é professora na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação na mesma universidade onde coordena mestrados, cursos de pós-graduação e formação contínua de professores e integra a coordenação do Observatório de Vida nas Escolas. É perita externa em escolas TEIP, PPIPs, avaliadora da IGEC na Avaliação Externa de Agrupamentos de Escolas. Foi consultora do Ministério da Educação para o Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular de que é a avaliadora externa. É associada do Movimento da Escola Moderna Portuguesa desde 1980. Autora de diversos livros e artigos sobre a organização do trabalho pedagógico, a autonomia e flexibilidade curricular; as práticas pedagógicas inovadoras; a formação de professores e os processos de inovação pedagógica.
PDF (Português)

Published: 2021-06-21

How to Cite

Ferreira, D., & Cosme, A. (2021). The school paths of children and youth in residential care at the Portuguese public school. Education Policy Analysis Archives, 29(January - July), 87. https://doi.org/10.14507/epaa.29.5530