Professional graduate programs: History, objectives, and tendencies

Main Article Content

Abstract

In the present article we approach the professional postgraduate program (PPG), bringing some elements of the origin, history, and challenges to its implementation. Focus will be given on the professional master’s degree. Since it includes both academic PG and in-service training, it met a series of demands that were addressed at this level of education, especially PG lato sensu.  It is a documental study, based on the literature produced since 1996, which discuss all the regulations, and implementation aspects of the PPG within the scope of CAPES, INEP, MCTI and CNPq. The research data were analyzed from a critical perspective through data triangulation, aiming to explain the meaning of the professional PPG. In the scope of postgraduate programs (PPG), depending on their financing policies, this new modality is similar to academic PG, with the prospect of overcoming it.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Tavares, P. D. V. B., Mari, C. L. D., & Bianchetti, L. (2021). Professional graduate programs: History, objectives, and tendencies. Education Policy Analysis Archives, 29(January - July), 18. https://doi.org/10.14507/epaa.29.5617
Section
Articles
Author Biographies

Philippe Drumond Vilas Boas Tavares, Universidade Federal de Viçosa

Pedagogo e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Viçosa, especialização em Docência pelo Instituto Federal de Minas Gerais. Atualmente coordena o curso de Pedagogia do Centro Universitário Doctum de Teófilo Otoni. Membro da International Gramsci Society (Seção BR - 2015/RJ). Membro do Grupo de Pesquisa Educação, Conhecimento e Processos Educativos e do Grupo de Estudos dos Clássicos Contemporâneos em Educação - GECCE UFV (2011-atual). Tem experiência na Área de Educação, abordando a temática da formação de profissionais altamente qualificados e os indicativos de fuga de cérebros, bem como a relação entre movimentos sociais e universidade.

Cezar Luiz De Mari, Universidade Federal de Viçosa

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Atualmente é docente associado da Universidade Federal de Viçosa - UFV. Atua no Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/DPE/UFV. Membro da International Gramsci Society (Seção BR - 2015/RJ). Líder do Grupo de Pesquisa Educação, Conhecimento e Processos Educativos e do Grupo de Estudos dos Clássicos Contemporâneos em Educação - GECCE (2010-atual). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, políticas educacionais atuando principalmente nos seguintes temas: educação, conhecimento, universidade, sociedade do conhecimento, política educacional e pensamento gramsciano.

Lucídio Bianchetti, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestre em Educação pela PUC-Rio, doutor em Educação pela PUC/SP, com estágio pós-doutoral na Universidade do Porto, PT. Professor aposentado/voluntário na Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-graduação em Educação. Coordenador do Grupo de Pesquisa “Trabalho e Conhecimento na Educação Superior” (TRACES/CNPq). Pesquisador 1B do CNPq