Relations between public education policies and Portugal's performance on PISA

Main Article Content

Abstract

This paper presents the most relevant aspects of a research project conducted between 2017 and 2018 whose primary purpose was to understand better what has changed in the Portuguese school system that may have contributed to the improved performance of Portuguese students in the Programme for International Student Assessment (PISA). The method used, qualitative in nature, was designed to collect data in each of the following domains: knowledge produced within the scope of PISA; public education policies that have developed since the publication, in 1986, of the Basic Law of the Education System (LBSE); perceptions of stakeholders (teachers, principals and school inspectors) about the relationships between public education policies and the improvement of student performance. The research results showed that the programs that have materialized public policies in the last three decades are related to significant improvements in the organization and pedagogical functioning of schools, in teachers' teaching practices, and their cooperation and collaboration processes. These policies and these improvements may help understand the increasingly positive performance of Portuguese students in PISA.

Downloads

Download data is not yet available.

Article Details

How to Cite
Fernandes, D., Neves, C., Tinoca, L., Viseu, S., & Henriques, S. (2022). Relations between public education policies and Portugal’s performance on PISA. Education Policy Analysis Archives, 30, (168). https://doi.org/10.14507/epaa.30.6213
Section
Articles
Author Biographies

Domingos Fernandes, Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-ISCTE)

Domingos Fernandes é professor catedrático na Escola de Sociologia e Políticas Públicas do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE–IUL) e Investigador Integrado no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES). Os seus principais interesses nos domínios da investigação e do ensino, com cerca de 200 trabalhos publicados, são a Avaliação de Políticas Públicas de Educação, as Políticas Curriculares e de Formação de Professores, a Teoria da Avaliação, as Políticas e Práticas de Avaliação Pedagógica e os Processos de Inovação Pedagógica.

Cláudia Neves, LE@D, Laboratório de Educação a Distância e eLearning, Universidade Aberta (Uab)

Cláudia Neves é professora auxiliar no Departamento de Educação e Ensino a Distância e investigadora integrada no LE@D, Laboratório de Educação a Distância e eLearning. Atualmente é diretora do Departamento de Educação e Ensino a Distância da Universidade Aberta e integra a direção do Fórum Português de administração educacional. As suas publicações e interesses de investigação centram-se em torno das políticas educativas, atores e processos em educação numa abordagem complexa.

Luís Tinoca, Instituto de Educação, Universidade de Lisboa

Luís Tinoca é professor auxiliar no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. É Investigador Integrado na Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação e colaborador do LE@D (Laboratório de Educação a Distância e eLearning). Integra o Special Interest Group on Teacher Education da European Association for Research on Learning and Instruction (EARLI). As suas publicações e interesses de investigação centram-se na formação de professores, no currículo, na inovação em educação e na pedagogia do ensino superior.

Sofia Viseu, Instituto de Educação, Universidade de Lisboa

Sofia Viseu é professora auxiliar no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. É Investigadora Integrada da Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação e co-convenor da Network 23 Policy Studies and Politics of Education da EERA. A sua investigação e publicações recentes centram-se na política de educação, redes de políticas, novos atores intermediários na regulação da educação.

Susana Henriques, ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa / Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-Iscte); Universidade Aberta (UAb)

Susana Henriques é Professora Auxiliar com Agregação na Universidade Aberta (UAb), Departamento de Educação e Ensino a Distância. É investigadora do Cies-Iscte (Centro de Investigação e Estudos de Sociologia) e colaboradora do LE@D (Laboratório de Educação a Distância e eLearning) e do Centro de Estudos Globais. Atualmente integra a equipa de coordenação do mestrado em Administração e Gestão Educacional e a equipa de coordenação do curso Microcredencial em Educação a Distância e Digital. Os domínios de especialização e áreas de interesse na investigação passam pelas questões da educação digital em rede, literacia em saúde e literacia digital, prevenção de comportamentos aditivos e dependências e metodologias de investigação.